Agente penitenciário é morto em tentativa de assalto no Rio

Um agente penitenciário foi morto numa tentativa de assalto no início da tarde deste sábado (27), na Tijuca, zona norte do Rio. Segundo a Polícia Militar, Rafael Azevedo da Silva teria sido morto após ajudar outra pessoa que estava sendo vítima de assalto. Ninguém foi preso.

O crime ocorreu na Rua Haddock Lobo, próximo a uma concessionária de veículos. A Delegacia de Homicídios foi acionada e realiza perícia no local.

Powered by WPeMatico

Corpos enterrados de cabeça para baixo são descobertos em suposto cemitério clandestino do PCC

Um possível cemitério clandestino foi descoberto pela polícia na região do M’ Boi Mirim, zona sul de São Paulo, nesta quinta-feira (25). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, policiais da Equipe A Sul da Divisão de Homicídios do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa) estão investigando o caso.  

De acordo com as investigações, o cemitério clandestino era utilizado pelo “tribunal do crime” da organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Os restos mortais estavam em valas horizontais e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e 6.ª Delegacia Seccional Sul têm informações de que os “réus” da facção criminosa eram obrigados a cavar os buracos onde foram enterrados antes de receber a “sentença”.

No local, foram encontrados cinco corpos enterrados de cabeça para baixo e em estado avançado de decomposição. O IML (Instituto Médico Legal) estima que os cadáveres estiveram no local por entre 60 e 90 dias, aproximadamente.

Queda de homicídios em SP é obra do PCC, e não da polícia, diz pesquisador

As investigações tiveram início com um levantamento de pessoas desaparecidas na região. Segundo o delegado do DHPP, Rodrigo Petrilli, o corpo mais recente do local pode ter sido enterrado há 15 dias.

— As vítimas podem ter sido tanto mortas aqui como trazidas já assassinadas. Estamos tentando identificar os corpos para saber os motivos de terem ido parar no local.

Onze pessoas são executadas após morte de policial no Paraná

Ele explicou que nenhum dos restos mortais encontrados estava com documento nos bolsos das roupas e também não foi possível distinguir o sexo das vítimas. Em algumas covas, os policiais encontraram cal, substância usada para acelerar o processo de decomposição dos corpos.

O delegado da 6ª Seccional, Mitiaki Yamamoto, faz uma investigação paralela em conjunto com DHPP. Ele não revelou o que leva a Polícia Civil a acreditar que se trate de um tribunal do crime, mas “há forte indícios de que as vítimas tenho sido obrigadas a cavar as próprias covas”.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!

Powered by WPeMatico

Nível do Cantareira sobe pelo 12º dia seguido

Reservatórios que compõem o Cantareira operam a 52,4% hoje
NILTON CARDIN/ESTADÃO CONTEÚDO

O principal manancial de abastecimento da capital paulista e região metropolitana, o Sistema Cantareira, registrou neste sábado (27) o 12º dia de aumento em seu nível de volume armazenado, conforme dados divulgados pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). O sistema Alto Tietê também acompanhou o movimento, mas os outros mananciais (Guarapiranga, Alto Cotia, Rio Grande e Rio Claro) tiveram queda em seus níveis de ontem para hoje.

Segundo o levantamento da Sabesp da manhã deste sábado, os reservatórios que compõem o Cantareira operam a 52,4% da capacidade, aumento de 0,2 ponto porcentual em relação a ontem. Esse índice considera a reserva profunda como se fosse volume útil do sistema.

Já o porcentual que calcula a reserva profunda como volume negativo, o nível do manancial também apresentou avanço, passando de 22,9% para 23,2%. A última queda do nível do Cantareira foi no dia 22 de outubro, quando o volume de água represada desceu de 15,7% para 15,6%.

Nas últimas 24 horas, choveu sobre a região do Cantareira apenas 2,2 mm. No mês acumula uma pluviometria de 212,7 mm, acima da média histórica para fevereiro, de 202,4 mm.

Outros mananciais

Outro sistema que registrou aumento de volume foi o sistema Alto Tietê, que passou de 32,5% para 32,6%. Com a precipitação de 1,3 mm do dia, o manancial acumula pluviometria de 172,2 mm, abaixo da média para fevereiro, de 194,4 mm.

Já os sistemas Guarapiranga, Alto Cotia, Rio Grande e Rio Claro tiveram queda em seus níveis, com volume de água armazenada de 84,4%, 100%, 88,5% e 83,5%, respectivamente. Somente o Guarapiranga conseguiu bater a média histórica de chuvas de fevereiro, com 232 mm ante histórico de 192,9 mm.

Experimente: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play

Powered by WPeMatico

Com suspeita, Teatro Municipal tem intervenção

Intervenção será feita pelo atual diretor e tem prazo de 90 dias
Wikimedia Commons

A Prefeitura de São Paulo determinou, nesta sexta-feira (26), intervenção na gestão do Teatro Municipal, que é feita pela organização social IBGC (Instituto Brasileiro de Gestão Cultural). A medida é tomada em meio a uma investigação do MPE (Ministério Público Estadual) sobre o ex-diretor da Fundação Teatro Municipal José Luiz Herencia por suspeita de corrupção, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e possível prejuízo de R$ 18 milhões aos cofres públicos.

Em decreto publicado no Diário Oficial da Cidade, Haddad determinou intervenção nos prédios, serviços e bens móveis e imóveis do IBGC ou cedidos pela Prefeitura. A intervenção ficará sob comando de Paulo Dallari, atual diretor do Municipal, pelo prazo de 90 dias.

O objetivo, segundo o decreto, é assegurar a execução da programação de 2016, mantendo a continuidade de atividades artísticas e administrativas, auxiliar os trabalhos da auditoria da CGM (Controladoria Geral do Município) e apoiar a investigação.

Ontem, a Controladoria, em ação conjunta com o Ministério Público, cumpriu mandado de busca e apreensão na sede do IBGC e na casa do diretor da instituição, William Nacked. Na sede da instituição funciona ainda o Instituto Brasil Leitor. A Controladoria também instaurou sindicância interna.

Uma linha de investigação da Promotoria aponta que Nacked teria usado o Instituto Brasil Leitor para fazer diversos empréstimos fictícios ao IBGC, para depois ser pago com recursos públicos advindos do IBGC. O Brasil Leitor é considerado o segundo maior comprador de livros do País, atrás somente do Ministério da Educação.

Além disso, promotores do Grupo Especial de Combate a Delitos Econômicos, do MPE, e a Controladoria apuraram que representantes de empresas contratadas pela fundação fizeram depósitos em contas de pessoas ligadas a Nacked e Herencia. No início do mês, a Justiça bloqueou os bens de Herencia. O Estado procurou o IBGC, o Instituto Brasil Leitor, Nacked e Herencia, mas não conseguiu localizá-los.

Experimente: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play

Powered by WPeMatico

Afinal o que é NR 10?

Norma supervisionada pelo MTE (Ministério do Trabalho), a partir de agora que temos no Brasil NR de 33, cuja capacidade é para garantir a Saúde e Segurança integridade física das pessoas dentro de um local de trabalho.

Portanto, essas normas é proposto para gerir os perigos percalço, para que eles não atingir o objectivo de chegar a ser mischances.

O que é risco?

Compreendemos perigo, tudo o que é na área de trabalho da população em geral, que se não for tratada pode trazer uma desgraça.

Assim, devemos salientar progressivamente ao longo educar circunstâncias de perigo, com o objetivo de que eles podem ser tratados, descartados, ou menos controlada para de modo a não influenciar o físico e / ou bem-estar da população em geral incluída em torno de lá.

nr 10

Nós definitivamente saber o que estão NR da todavia, e que é NR-10?

NR 10 é o padrão Dessima de 33 nós temos hoje no país, se trata de bem-estar nos estabelecimentos elétricos e administrações no poder e afirma com isso, garantir a honestidade e força física de testadores de circuito, e os indivíduos que trabalham diretamente ou por implicação com poder.

A verdade é mais estranha que a ficção, há um equívoco deste decidir apenas reparadores circuito deve fazer NR10, é evidente que eles precisam fazer, afinal de contas estão em contato direto com o ponto de força, no entanto, devemos lembrar que o segmento circular elétrico quando o stun não vai pegar fncionário aquele que é proficiente em NR10 para dar o stun, qualquer indivíduo que chega, você suportar o acidente.

zika_do_bagui

ao longo destas linhas todos os indivíduos que estão tomando um tiro na zona estimulada deve ter a preparação NR10, através dos testadores de circuito, 1/2 oficiais, colegas, mecânica (estes como uma obra regra em conjunto com os testadores de circuito), os especialistas segrança, capatazes , chefes e outros indivíduos incluídos neste trabalho, faculdade de tomar um tiro no telefone, tV digital, e bem perto focos habilitada, mesmo que o seu trabalho é de-revigorado.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, numerosos mischances elétricos acontecer com indivíduos que não estavam esperando um atordoamento, outro número extenso de contratempos acontecem por pomposidade, os especialistas que descobri-los nunca vai acontecer, geralmete eles falam a expressão celebrar “é de 20 anos de idade que fazem como tal e nunca aconteceu nada … “, como parece ser, poder mata em milissegundos, na chance que isso aconteceu não chegaria a dizer, por que você deve tomar medidas de controle acomodados dentro de dispense da NR com os perigos antes que eles estão habilitados no mischances.

Devemos ser claros em nossos cérebros que não há nenhum especialista Superman, todos nós estamos sujeitos ao acidente é suficiente não estamos atentos, conta tão impressionante é, satisfazer encomendas de carga que são escravos ases, que pensam que eles podem fazer, essencialmente, à luz o facto de que ele tem uma posição de invocação, não utilizam qualquer tempo.

nr_102

Este tipo de especialista desapareceria do mercado de trabalho, iniciativa que não tem plena consciência de que os seus representantes são uma peça de um grupo e eles têm uma família e preciso a ocupação sim, mas deve ser inteira para ter a capacidade de trabalhar e é -se para as pessoas garante que os especialistas trabalham na perspectiva dos métodos especializados, satisfazendo as suas ordens de trabalho, adicionalmente, técnicas de segurança.

Afinal que grande é ter um espaço de trabalho onde sempre acontecem acidetes, cessando criação, adiando transporte item para os clientes, sem encontrar datas de vencimento, e produzindo uma circunstância de fragilidade agregado de diferentes representantes em relação ao seu local de trabalho e sua cabeça, como ele didn ‘ t apropriadamente vigiado o trabalhador.

Ao longo destas linhas legitimar a vizinhança em vez de posições de administração em NR10 preparação, eles têm de compreender o que os representantes podem e devem fazer, então é desrespeito medidas de controle de segurança com desculpas pena que isso nunca acontece, que é deturpação, e assim por diante, e assim por , e assim por diante.

Chocante as medidas de controlo de mischances relacionadas palavra que temos hoje, existem mais de contratempos ter acontecido. Depois do que aconteceu é que eles têm pensado sobre um caminho de como fazer, como tal, não é requentada. Então lembrar que ninguém precisa de repensar o azar e depois disso tomar as medidas de controlo, na chance que eles chegam é para ser cumprida, para antecipar indivíduos acidentem mais uma vez.

Numerosos acidentes da mesma forma que aconteceu com os indivíduos sem noção, ou confuso, como a trabalhar quase, representantes de serviços públicos, é totalmente consciente dos perigos que eles são descobertos, seja como for, abaixo descobrir operários que para o don maior parte do trabalho parte de-estimulada e “danos t que um pouco de proximidade de cerca de 50 centímetros que eles têm um ponto revigorado, que pode ser tocado inadvertidamete através deles com aparelhos ou partes do corpo, de modo que o pessoal das organizações de telefone e televisão por satélite deveria sim fazer as NR10 treinamentos para perceber o que fazer em meio a seu trabalho.

A partir de agora o escritório de segurança especializada, mostrar a preparação para eles, examinando a circunstância de que numerosos não têm os encontros na faixa elétrico, não tem olhos preparados para avaliar o perigo elétrica, e são precisamente os auditores de consistência com este padrão. Sei bem que no meio do curso que eles consideram a NR, e mesmo assim é excepcionalmente superficialmete cada um. Eles vão realmente perceber quando eles estão na faixa. que é o lugar que deveria estar com uma equipe proficiente, eo NR1o preparando realmente ajuda os profissionais de segurança para trabalhar na região, e os diferentes elementos sutis, eles adicionalmente passear pelas faixas básicas estimuladas em meio dia, da mesma forma descobrir o perigo elétrico, assim, da mesma forma eles exigem preparação.

Uma sociedade onde aide, 1/2 oficial, não precisa se preocupar com a preparação, devem ser eliminados, depois que esse perito é tão humano quanto qualquer outro, e é adicionalmente apresentada a perigos elétricos na região. Não há nada para legitimar esses especialistas entrar na zona sem essa preparação.

Belissima Cosméticos

Procurando produtos profissionais de beleza , a bellissima cosméticos é a sua loja de produtos profissionais para seu cabelo.
Com parceria com marcas como forever liss, aneethun, loreal, cadiveu, e produtos famovos como o banho de verniz a belíssima cosméticos é uma empresa inovadora na area de cosméticos profissionais no brasil , sempre inovando a Belissima pretende dentro de 2 anos ser a maior player no mercado online de venda de produtos profissionais para cabelo.

 

belissima

Entre no site da Belissima Cosméticos e Confira

http://www.belissimacosmeticos.com.br

Todos Direitos Reservados

Novo zoneamento dobra a altura dos edifícios em 8% da cidade de São Paulo

O novo zoneamento vai dobrar a altura dos prédios em 8% do território de São Paulo. Com a aprovação do projeto de lei que revisa os tipos de uso e ocupação do solo da capital paulista, prevista para os próximos dias, o limite de andares vai passar dos atuais 8 para 16 em vias que funcionam como centros de bairro, como a avenida República do Líbano, em Moema, e a rua Clélia, na Lapa. A alteração cria eixos secundários de verticalização, na contramão do que prevê o Plano Diretor.

Se aprovada, a regra vai valer para as regiões classificadas como zonas centralidade (ZCs), espalhadas por toda a capital, especialmente pelos bairros que compõem o centro expandido. De acordo com a localização, essas vias não se aproximam de estações de metrô ou corredores de ônibus, como estabelece o perímetro de transformação urbana delimitado pela gestão Fernando Haddad (PT) na aprovação do Plano Diretor. É nessa área, dotada de transporte público, que a construção de novos prédios deveria ser incentivada.

Desde que o projeto que revisa o zoneamento chegou à Câmara Municipal, porém, as ZCs já foram modificadas duas vezes pelo relator, vereador Paulo Frange (PTB). Inicialmente, a altura máxima permitida para novas construções nessas áreas passou dos atuais 28 metros (oito andares) para 40 metros (14 andares). No sábado, com a publicação do segundo texto substitutivo da proposta, o chamado gabarito mudou novamente, alcançando agora 48 metros (16 andares).

Novo Zoneamento deve mudar a cara de SP; entenda como a lei vai afetar sua vida

Novo zoneamento muda fiscalização de comerciantes em SP

Segundo Frange, as ZCs se interligam com os eixos de transformação urbana, o que causou uma “dispersão natural” ao longo da história da cidade. “A diferença é que nos eixos você constrói sem limite de gabarito, na altura que quiser”, diz. Com as novas regras, o relator afirma que os centros dos bairros serão consolidados e os miolos ficarão protegidos. “Escolas, hotéis, hospitais, prédios de uso misto vão todos para essas áreas”, acredita.

Para incentivar essa ocupação, a última versão do projeto estende os “benefícios” concedidos às construções que se instalarem nos eixos das ZCs. Esses benefícios se traduzem em vantagens financeiras ao empreendedor que erguer prédios com comércio no térreo, por exemplo, ou abrir ruas ao longo de condomínios residenciais ou comerciais.

Ambos os mecanismos ampliam o potencial construtivo e reduzem o custo final das obras. “É um incentivo muito bem-vindo tanto para quem constrói quanto para quem utiliza do empreendimento e do espaço público”, argumenta Frange, que espera ver novos empreendimentos no “estilo Conjunto Nacional” na cidade.

Conceito

Para a arquiteta Lucila Lacreta, do Movimento Defenda São Paulo, a mudança na regra do gabarito das ZCs é um equívoco. “O zoneamento está mudando o conceito do Plano Diretor, que define onde a verticalização deve ocorrer na cidade. O resultado é que teremos prédios mais altos em locais onde o trânsito hoje já é bastante ruim e onde não há necessariamente transporte público”, diz.

De acordo com o mapa do zoneamento, a maior parte das vias classificadas como ZCs não dispõe de metrô ou corredor de ônibus. Grande parte delas, como a avenida Lins de Vasconcelos, na Vila Mariana, e a rua Voluntários da Pátria, em Santana, tem apenas faixas exclusivas de ônibus.

Para virar lei, a norma definida por Frange precisa ser aprovada em plenário por 33 dos 55 vereadores. O texto final da lei pode ser votado ainda nesta semana, caso a base aliada do governo Haddad consiga apoio — 188 emendas foram apresentadas pelos parlamentares. Os debates serão reabertos nesta terça-feira (23).

Assine o R7 Play e assista à programação da Record onde e quando quiser

 

Powered by WPeMatico

Cúpula da OMS chega hoje ao País e vai ao Recife

A cúpula da Organização Mundial da Saúde (OMS) desembarca nesta terça-feira, 23, no Brasil para avaliar uma ajuda ao governo no combate ao vírus zika. A chefe da entidade, Margaret Chan, e o diretor de Operações para Surtos, Bruce Aylward, terão encontros com Dilma Rousseff e ainda viajarão para Pernambuco para examinar a situação. A missão será acompanhada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Missões similares da cúpula da entidade aconteceram apenas no Oeste da África, durante o surto de ebola. Agora, a OMS quer entender o que o Brasil tem feito no combate ao Aedes. Mas também vai tentar estabelecer uma cooperação para preencher as lacunas da operação no Brasil.

Técnicos que acompanharão a viagem disseram ao Estado que a ideia é saber as necessidades do Brasil e, então, pedir à comunidade internacional de doadores uma ajuda especial para financiar os projetos no País.

Chan já esteve no Brasil em novembro para uma conferência e, naquele momento, o governo chegou a alertá-la sobre a proliferação de casos de microcefalia. Mas ela optou por esperar até fevereiro para convocar os especialistas e decretar emergência internacional.

Na semana passada, a OMS indicou que precisaria de US$ 56 milhões até junho para financiar um estratégia de combate ao vírus. O Brasil estaria no centro desse plano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Powered by WPeMatico